O Pintor de Memórias - Gwendolyn Womack

O Pintor de Memórias - Gwendolyn Womack

Oi gente.

A resenha de hoje é de um livro pouco conhecido, porém uma excelente opção de leitura.

O Pintor de Memórias, é um livro que já começa cheio de mistérios. A trama se passa em torno de Bryan, um excêntrico pintor que tem suas obras primas inspiradas em sonhos perturbadores que tem, ele pinta os quadros em uma espécie de transe, em meio aos sonhos em que é diversos personagens históricos de diferentes épocas e culturas.

O estranho dom lhe traz ainda alguns benefícios, como habilidades repentinas e fluência em outros idiomas. Entretanto, essa estranha condição, faz ele ser um homem recluso, como os sonhos são frequentes e podem leva-lo a inconsciência sem nenhum aviso prévio, ele prefere diminuir o convívio social.

Tudo muda quando conhece Lins, uma jovem cientista que, incrivelmente, reconhece uma de suas pinturas, como um sonho recorrente em sua infância. Assim, ela e Bryan começam, pouco a pouco, a desvendar os mistérios por detrás dos sonhos e se deparam com uma complexa rede de memórias, que ultrapassam vidas e remontam a mais de 10 mil anos antes de Cristo.

O livro é sensacional, eu comecei a ler completamente despretensiosamente, achei o título interessante (raramente leio sinopses) e comecei a ler achando que seria um livro "OK", mas me enganei, o livro me despertou emoções diversas, além de muita adrenalina na fase final. Os mistérios vão se desenrolando e no caminho, você tem uma rica quantidade de nuances, vê personagens conhecidos, outros nem tanto, mas observa costumes, épocas, culturas e fica admirando o trabalho bem feito, que a autora fez para ambientar o leitor.

A narrativa é fluida, o livro tem um ritmo muito bom, já observamos muita coisa acontecendo logo no começo, e as explicações caminham junto com a trama, ou seja, não rolam aqueles capítulos introdutórios, tudo vai sendo lançado na mesa conforme vai acontecendo e você sente que está descobrindo tudo em tempo real, com os personagens. Apenas a nível comparativo, eu diria que lembra muito a escrita de Dan Brown, tanto no, "vamos correr e descobrir no caminho", quanto no quesito, "google isso e verá que é verdade", confesso que não pesquisei todas as figuras históricas mencionadas, mas as que pesquisei realmente existiram e a história conhecida é fielmente contada no livro, acho isso incrível, se fosse só isso já me ganharia.

Além do belíssimo trabalho, ainda temos um forte mistério e alguém motivado a destruir Bryan, esse personagem aparece em suas memórias e é uma ameaça iminente para o desfecho da trama, é muito interessante, você fica caçando o vilão nas páginas, tentando descobrir quem é, e quando descobre fica de boca aberta.

A reflexão do livro também é bem profunda, ele aborda o Karma e o entrelaçamento de destinos, mostrando, vida após vida, que tudo é um ciclo e que esse ciclo precisa ser quebrado, para que o propósito seja cumprido. Conforme os personagens começam a reconhecer pessoas de suas vidas passadas no presente, as ligações afetivas vão se confundindo. Como boa chorona, verti algumas lágrimas com os encontros, filhos, pais, irmãos, amigos, cada pessoa que ia surgindo e as lembranças de quem foram nas vidas passadas são muito fortes e te fazem questionar, mesmo que por instantes e apenas de maneira especulativa, se as pessoas que nos cercam e que tanto amamos, são na realidade pessoas do nosso passado, que voltam a nos encontrar no decorrer das vidas. Acho que mesmo quem não crê em reencarnação pode se sentir um pouco curioso, pois o livro não aborda a situação de modo espiritual e doutrinado, mas sim de modo científico e filosófico. Partindo do princípio de que nossas mentes e consciências não são tangíveis, será possível que nossas memórias, sejam energias que atravessam o tempo e perduram? O livro trouxe algumas questões muito legais e eu acho que todo tipo de questionamento é enriquecedor, então, para quem gosta de novas possibilidades e perspectivas diferentes, é um livro para viajar nos mistérios da memória e da consciência, como estamos acostumados.

Recomendo o livro por inúmeros motivos, ele é interessante, tem doses para todos os gostos, mistério, ciência, crenças, memória, destino e laços fortes entre pessoas. Acredito, que é um livro que deve agradar muitos tipos de leitores, por essa mistura. A construção do livro é bem feita, a ordem das coisas é bem pensada, os personagens são incríveis, multifacetados e complexos e a narrativa é instigante.

Sendo assim, só tenho a dizer que, na minha opinião, é um livro que vale a pena, leia e aproveite a experiência, só não esqueça de nos contar o que achou.

Por hoje é isso gente, até a próxima!










Lila Martins

Um comentário:

  1. Love your post dear ♥
    If you want check out my blog.I write about fashion,beauty and lifestyle.Maybe we can follow each other and be great blogger friends !

    http://herecomesajla.blogspot.ba/

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, ele é importante para o nosso feedback, sugestões sempre serão muito bem vindas, mas por gentileza, não deixe comentários maldosos ou grosseiros, criamos nosso conteúdo com carinho, respeite nosso trabalho.