Assassin's Creed - Crítica

Assassin's Creed - Crítica
 
“Nada é verdade, tudo é permitido”

A adaptação de games para a tela do cinema não é uma ideia nova, mas sempre é acompanhada de muita expectativa, tendo em vista os fracassos recorrentes que este segmento costuma ter. Partindo deste ponto, a ousadia da Ubisoft ao trazer para a telona um dos maiores universos de games da história do mundo é de se respeitar. No entanto... qual foi o resultado desta "ousadia" de 150 milhões de dólares? 

Por meio de uma tecnologia que destrava suas memórias genéticas, Callum Lynch (Michael Fassbender) revive as aventuras de seu ancestral, Aguilar, na Espanha de 1492. Callum descobre que é descendente de uma sociedade secreta, os Assassinos, antagonistas da Ordem dos Templários. O conflito se estende para o período presente e Callum se vê no centro de um confronto milenar. O longa é dirigido por Justin Kurzel e ainda conta com a vencedora do Oscar Marion Cotillard (Dra. Sophia Rikkin).

Assassin's Creed - Crítica

O filme começa muito bem, nos apresenta o universo de uma forma muito convincente e fiel aos jogos, mas, conforme o tempo passa e a megalomania da produção toma conta da história, o roteiro passa a entregar soluções preguiçosas para os dilemas e conflitos apresentados. As resoluções são fáceis, levianas e algumas vezes incompreensíveis. Personagens tomam certas decisões apenas porque o roteiro assim exige, ou seja, a preguiça (?) do roteiro transforma personagens com grandes potenciais dramáticos em marionetes sem vida.

Assassin's Creed - Crítica

Para aqueles (tal como eu) que conhecem um pouco da dimensão do universo construído pela Ubisoft ao longo da última década, é um tanto decepcionante ver que os elementos que compõem este universo foram subaproveitados, desde os questionamentos sobre livre-arbítrio, até o conflito milenar entre os assassinos e templários. Por mais que hajam diálogos e cenas focadas na construção destes antagonismos, a motivação é superficial e, não fosse o carisma e competência de Fassbender, este ponto seria descartável.

Assassin's Creed - Crítica

Entretanto, o longa possui vários pontos positivos, como a coreográfica das cenas de luta, o parkour  por entre as casas e ruas da Espanha (mesmo sendo algo raro), a excelente fotografia, que alterna entre tons de azul (presente) e tons de bege (passado), o que nos transmite uma sensação de viagem no tempo muito nítida. A montagem do filme também é muito bem feita, a alternância entre cenas do presente e do passado é muito natural e merece o devido destaque.

Dentre as novidades, a representação do animus foi a que mais me agradou, tendo em vista a dinâmica propiciada por este mecanismo, sendo muito eficaz nas cenas em que Callum está revivendo as memórias de Aguilar.

Assassin's Creed - Crítica

Após alguma reflexão, a sensação que tive é de que o filme tenta ser muito mais do que é e apresenta muito mais do que deveria. Tendo em vista que a sua duração é de pouco menos de duas horas, o tempo direcionado à história e aos personagens secundários é limitado. Isso é um tremendo vacilo, pois estes personagens que orbitam tanto Callum quanto Aguilar são muito interessantes e nos instigam a querer saber mais sobre eles, mas o tempo de tela não nos permite essa aproximação.

Assassin's Creed - Crítica

Infelizmente o filme acaba falhando no elemento mais básico e característico da franquia: o desenvolvimento dos personagens. São as figuras de Altair, Ezio, Edward, entre outros, que fazem Assassin's Creed ser o que é. Portanto, ter um personagem com tanto potencial como Aguilar nas mãos de um grande ator como Fassbender e não explorar esse recurso me pareceu um enorme desperdício.

Assassin's Creed - Crítica

Bruno Balestrin

2 comentários:

  1. Estou louca para ver esse filme, o trailer parece ser maravilhoso. beijos no coração.

    ResponderExcluir
  2. Gostei bastante do filme mas lendo sua crítica acho que o motivo foi que sou totalmente leiga sobre o jogo e seu universo. Talvez funcione mais assim, pra quem não conhece e fica só com o filme que por si só não é uma maravilha mas funciona até que bem como filme de ação com algumas pitadas de crítica social... :)

    bonito o blog! bjs*

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, ele é importante para o nosso feedback, sugestões sempre serão muito bem vindas, mas por gentileza, não deixe comentários maldosos ou grosseiros, criamos nosso conteúdo com carinho, respeite nosso trabalho.