Menina Má - William March


Oi gente!

O ano já começou bem e quero comentar com vocês o segundo livro lido em 2017 e o primeiro do Tornei MLV (#EquipeCrucio).

O livro em questão é Menina Má do autor William March.

Esse livro originalmente foi publicado em 1954 e no ano passado ganhou uma edição lindíssima pela Dark Side Books com capa dura que é a marca registrada da editora!

O livro conta a história de uma garotinha chamada Rhoda, de 8 anos de idade. Ela é a criança perfeita, educada, organizada e independente. Tudo parece perfeito, até que alguns acontecimentos chamam a atenção de sua mãe, uma típica dona de casa, com um marido que ganha bem morando em um bairro nobre.

A mãe começa a observar que alguma coisa parece estranha, com sua doce filhinha e na busca por entender o que está acontecendo com Rhoda, ela acaba descobrindo bem mais do que esperava.

A trama então começa a desenvolver, em volta da criança com carácter psicopata e uma mãe lutando, para tentar encontrar um modo de lidar com a situação.

Qualquer coisa a mais, pode acabar com toda a experiência do livro, o sentido é justamente as pequenas surpresas que as páginas trazem pouco a pouco.

A escrita é envolvente e o detalhamento comportamental, chega a ser um tanto assustador de tão fiel. 



Eu sou uma apaixonada por mentes psicopatas, e todos os transtornos relacionados, e esse livro me proporcionou muito mais do que uma garotinha psicopata, este livro apresenta outros transtornos e denota, de forma indireta, que todo ser humano tem algum desvio de personalidade.

Existem cenas bastante duras, que podem muito bem chocar o leitor sensível, além é claro da frieza da personagem principal, que tem o esteriótipo do psicopata/serial killer típico.

Para quem não tem nem noção de como é uma mente psicopata, eles são extremamente egoístas e quando digo isso, não falo de mesquinhez ou apenas querer tirar vantagem como os vilões de novela. Os psicopatas de verdade, fazem absolutamente qualquer coisa por aquilo que desejam, eles não medem consequências, matam por um padrão que eles elaboram em sua cabeça e suas decisões são completamente frias. Eles não agem por impulso, eles calculam e planejam suas ações. 

Outra característica dos psicopatas é seu comportamento exemplar , ele não demonstram deliberadamente nenhum desvio de personalidade, são calmos, reservados, organizados, metódicos, educados e possuem um carisma que faz deles pessoas de extrema confiança e é isso que os torna tão perigosos, as pessoas tendem a confiar em pessoas corretas, e acreditam que as mentes mais doentes são visíveis a olho nu, e isso é um grande erro.

A introdução do livro já é incrível, antes de entrar na história existe uma breve introdução contando um pouco da vida do autor, ali você entende o motivo da narrativa ser tão autêntica. 

Eu realmente gostei do livro, ele é muito rico e tem conteúdo, o que ficou a desejar foi o desenvolvimento, poderia ter sido mais explorado, visto que o livro dura poucos meses na vida dos personagens. Com uma mente incrível como a de Rhoda, creio que teria potencial para mais do que acontece, mas isso não decepciona, apenas dá aquela sensação de "o que já é bom poderia ficar melhor".

O final é previsível, eu tinha certeza dele antes de começar o livro e não me surpreendeu. Que fique claro que apesar de, tecnicamente ruim, ele tem seu significado, há pessoas que simplesmente não são feitos para tomar certas atitudes, elas não possuem a maestria e a frieza necessárias e por isso o livro termina daquele jeito, não achei ele ruim porque ficou coerente com o restante.

Para finalizar eu quero apenas dizer que eu gostei muito do livro, ele era sim um pouco mais do que eu esperava, eu tinha em mente uma trama escrita de forma genérica, mas esse foi um relato muito fiel a realidade dos psicopatas, então eu recomendo a leitura com certeza!

E você? Já leu o livro? Comente o que achou dele ou até mesmo o que achou da resenha, valeu pra atiçar sua curiosidade com o livro?

É isso gente! Até a próxima.



Lila Martins

18 comentários:

  1. Gostei muito da resenha, e me interesso pela psicopatia pois é um tema muito interessante.

    Gostaria que você me indicasse outros livros com a mesma linha. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dayane! Nessa linha de psicopatas tem muita coisa no mercado, eu confesso pra você que eu li poucos, estou tento também os primeiros contatos, se vc curte a linha psicológica talvez se apaixone por Stephen King ele tem muito disso na escrita, as tendências humanas e psicológicas dos personagens. Outros que estão na lista para ler nesses gênero é Misery - Louca Obsessão do King e a série Serial Killers - Anatomia do Mal da Dark Side. Além desses ainda tem Psicose, Donnie Darko e Social Killers. Conforme eu for lendo mais eu vou resenhando aqui no blog outros livros com essa temática! =D

      Excluir
    2. Obrigada por responder.

      Vou começar a ler os livros do Stephen king logo mais. Ele deve ser um autor incrível.

      Excluir
    3. Para mim King é o melhor! *-*

      Excluir
  2. Adorei a resenha! Também tenho uma certa fascinação pela área da psiquiatria/psicologia em geral e o livro pareceu abordar isso de maneira bem fiel. Acredito que o fato de ser uma criança é - ainda mais - tenso, né? Justamente porque temos aquela imagem pura e angelical, sendo que nem sempre é o caso.

    Fiquei feliz em saber que o detalhamento comportamental é rico, acho que isso faz com que a trama se desenvolva mais precisamente! Sua resenha me rendeu mais um livro na lista de "para ler". hahaha

    Beijos,
    Attraversiamo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, é um ótimo livro, poderia ser mais desenvolvido, mas mesmo assim vale muito a pena!

      Excluir
  3. Adorei sua resenha e fiquei super curiosa pelo livro. Quero cursar psicologia um dia, mas não sei se será o ramo que irei seguir. Quero muito ler esse livro para ver se irei gostar da temática e de lidar com esse tipo de gente todos os dias.
    Eu acho muito importante saber o que se passa na mente das pessoas e estudar maneiras de tratar isso, se é que existe cura. Vou ler com certeza

    Carol | Pink is not Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bacana Carol! =D Leia sim, esse livro tem um relato bem rico mesmo e achei esse o melhor aspecto dele!

      Excluir
  4. Gostei da resenha Lila ^^ eu nunca li esse (cadê a novidade né?!) mas sempre fico namorando ele pra comprar, sempre ouço mt bem e agora fiquei ainda mais curiosa. Poxa vida, 8 anos?! Confesso que isso me dá um pouco de medo... Vamos ver se nessas metas que me coloquei nesse ano esse não vira uma das leituras ^^ beijos lindeza!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! O que é mais um livrinho na lista? Ele é bem curtinho, menos de 300 páginas, vai super rápido, leia sim ^^v

      Excluir
  5. Parabéns pela resenha! Também me interesso bastante por tramas envolvendo psicopatas e transtornos psicológicos no geral. Já assistiu àquela série, Criminal Minds? Acho que você iria gostar. ^^
    Já vou colocar o livro na minha listinha do skoob hahaha

    Beijos <3
    www.devaneiosvintage.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está na lista pra assistir, ainda não consegui.

      Excluir
  6. Gostei da sua resenha, mas não sei se teria coragem de ler rss, não curto muito essas situações tão realistas de duras, mesmo que seja ficção. Mas sua resenha esta ótima, tanto que senti o medinho de ler o livro :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia esse livro, mas confesso que fiquei bastante curiosa ainda mais porque nunca li livros desse gênero, e pela resenha ele parece ser realmente bom. O livro é narrado pela menininha mesmo?
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Eu amo histórias sobre psicopatas. Ainda não tive a oportunidade de ler Menina Má, mesmo querendo bastante!

    bruna-morgan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Lila, eu li o livro e ameei! Fiquei chocada algumas vezes com a atitude da Rhoda hahah

    Mas no geral, achei bem bacana! O final realmente é previsível, eu achei até que deixou aquele ar de que muita coisa ainda pode acontecer, ainda mais por conta do pai desconhecer tudo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Eu comprei esse pela mershandising da Dark Side que é boa demais! ehehe E já tinha ouvido falar bem do livro. Fiquei ainda mais curiosa depois da resenha! eheheh
    Eu adoro livros com a temática e que tendem a tratar as coisas de um modo mais cru e não romantizada, tive a impressão que Menina Má é assim.
    Vou dar um jeito de colocar logo ele na lista de leitura. ehehe
    xoxo

    ResponderExcluir
  11. amei a resenha, sou louca pra ler, li essa resenha e me deu mais vontade de ler o livro
    http://dose-of-poetry.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, ele é importante para o nosso feedback, sugestões sempre serão muito bem vindas, mas por gentileza, não deixe comentários maldosos ou grosseiros, criamos nosso conteúdo com carinho, respeite nosso trabalho.