Band of Brothers - Resenha


Olá pessoas! Como semana passada fui cruel e impiedoso (Leia aqui) hoje serei vibrante e caloroso, ao trazer pra vocês um pouquinho sobre uma das melhores produções a respeito da Segunda Guerra Mundial.

Band of Brothers é uma mini série da HBO, com produção de (pasmem) Steven Spilberg e Tom Hanks. Baseada no livro do historiador Stephen E. Ambrose, a série acompanha a Easy Company, uma companhia do 506º Regimento da 101ª Divisão de Paraquedistas do Exército norte-americano. Conta com um elenco de peso, como Ross de Friends (digo David Schwimmer), Ron Livingston, Damian Lewis, Neal McDonough, Donnie Wahlberg, Scott Grimes, Michael Cudlitz, Michael Fassbender, James McAvoy, Tom Hardy, entre outros.


Os 10 episódios da série contam a história dos homens da companhia, desde o seu treinamento nos EUA, acompanhando a invasão das praias da Normandia (dia D), passando pela libertação da Holanda (Operação Market Garden), pela Batalha do Bulge até o final da guerra.

A Easy Company é composta por soldados de elite (todos eles voluntários oriundos de pequenas cidades americanas), treinados exaustivamente e de modo rigoroso até para os padrões militares. Sendo pioneira no paraquedismo militar, ou seja, da brilhante ideia de saltar atrás das linhas inimigas, com paraquedas rudimentares, sendo alvejados por todo o tipo de artilharia e sem qualquer experiência.


O peso da realidade é um dos elementos em destaque de Band of Brothers, seja na construção de cenários verossímeis, nos figurinos, no aproveitamento de armas e equipamentos realmente utilizados no período ou mesmo na trilha sonora, muito bem dosada e que envolve o espectador na trama.

Outro instrumento utilizado pela produção, são os depoimentos de veteranos, ex-membros da Easy Company, no início dos episódios. Estes depoimentos trazem uma grande carga dramática para a série, além de servirem como ponto de conexão entre o dramatúrgico e o real.


Geralmente as produções com esta temática tratam dos grandes feitos, dos maiores heróis, das tramas políticas, dos espiões mais audaciosos ou dos nomes que ecoam pela história. Band of Brothers, porém, tem seu foco em pessoas comuns, que ora riem ora choram, matam, têm seus dilemas morais e questionam sua humanidade.

Os personagens são marcantes, profundos, muito bem desenvolvidos e nada caricatos. A fluidez com que a série apresenta e enraíza os personagens no peito do espectador é fenomenal, muito disso se deve às atuações impecáveis do elenco inteiro, que parecem estar muito a vontade uns com os outros, entregando uma atuação determinada, com sentimento e veracidade. No final, você aprende o nome de todos, se importa com todos e se sente um membro da companhia.


Seja você um entusiasta deste tema ou não, Band of Brothers vai te fisgar, fazer você sorrir, te tratar tão bem quanto sua avó, para depois te quebrar em inúmeros pedaços e esmagar seu coração a ponto de Game of Thrones parecer um conto de fadas da Disney, mas você ansiará por mais, muito mais.



Bruno Balestrin

6 comentários:

  1. Li o texto e assisti o trailer... Chorei muito. Sem mais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rapaz...
      O trailer é só um aperitivo da carga emocional que esta série carrega. Esteja preparado para chorar rios quando você assistir à série.

      Excluir
  2. Eu sempre ouvi falar muito bem da série porém, tenho muita dificuldade em ver coisas quando a temática é guerra. Não consigo, já tentei, mas o coração não deixa viu =/ quem sabe um dia não tomo coração e o coração aguenta no mais, pelas imagens que já vi a série foi ótima em retratar aquela triste realidade. Abraços!

    Metamorphya•••

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna.
      É realmente um experiência brutal para quem é um pouco mais sensível. Como a série busca o tempo todo mostrar a realidade do período, é muito difícil permanecer indiferente ao que está acontecendo.
      Espero que você consiga vê-la algum dia, pois é uma série que mexe com muitas emoções e provoca muitas reflexões.

      Excluir
  3. Já me indicaram essa série algumas vezes e até marquei para ver no Banco de Séries, mas nunca procurei saber mais sobre ela. Lendo tua resenha deu para perceber que a série vale a pena dar uma chance e o melhor é que é tranquilo de assistir já que são apenas 10 episódios.

    Blog Profano Feminino

    ResponderExcluir
  4. Eu passei a virada desse último ano assistindo à série junto com meu namorado e é EXTREMAMENTE boa! De longe uma das melhores mini séries que já foram feitas, na minha opinião. Torci por cada um dos soldados da Easy Company e, nos episódios finais, chorei bastante. "Band of Brothers" é muito comovente e reflexiva. Impossível esquecer! Gostei bastante da sua resenha. :)

    Abraços,
    Attraversiamo

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, ele é importante para o nosso feedback, sugestões sempre serão muito bem vindas, mas por gentileza, não deixe comentários maldosos ou grosseiros, criamos nosso conteúdo com carinho, respeite nosso trabalho.