Anjos da Noite - Guerras de Sangue


A franquia Anjos da Noite chegou ao seu quinto filme sob o subtítulo de Guerras de Sangue, sendo precedida por Underworld, A Evolução, A Rebelião e O Despertar.

Quem não conhece a franquia vampirística, os filmes seguem a vida da vampira Selene, uma death dealer (uma espécie de guerreira treinada) que lida com a proteção do clã dos vampiros ao qual faz parte. Mas, durante quatro filmes, seu status de mais respeitável death dealer é colocado em xeque quando sua atração por um humano, capaz de ser o primeiro híbrido (capaz de sobreviver a junção de sangue vampiro e lycan) e tramas envolvendo os lycans (lobisomens) mudam sua trajetória.


Neste quinto filme, Selene é perseguida tanto por lycans quanto vampiros, já que, para estes últimos, sua aliança a Michael (o humano híbrido), é uma traição, além do fato de que ela teve de matar um dos vampiros anciãos traidor no último longa. Aliança com Michael é bondade minha, vamos falar de amor que é o que move o mundo né... eles inclusive tiveram uma filha que, no longa, é procurada por todos, já que seu sangue é um motivo de poder para quem o detiver.


Inicialmente, vou confessar que tentarei ao máximo ser imparcial na análise do filme, já que eu acabo assistindo a eles porque minha irmã é fã da saga e eu, nem tanto. Nem digo pelo estilo ou temática, adoro ação e sou apaixonada por vampiros.


No quesito surpresa, o filme não surpreende, apesar de, nos primeiros minutos já dar motivo pro Quatro, digo, Tobias, opa, David, interpretado pelo Theo James, tirar a camisa... rs Brincadeira a parte, o enredo não tem criatividade maior que dos outros filmes da franquia e segue o estilo de ação básica, muitas lutas e brigas e demonstrações de força vampirística e lobisomística (acabei de inventar essa palavra!). Na verdade, uma cena em especial de luta arrancou risos meu e de outras pessoas na sala de cinema, mas nada que desabone as partes legais.


Temos muitos personagens novos nesse filme que demonstram vários tipos de relacionamentos e as habituais intrigas entre vampiros e lobisomens e, claro, a ideia habitual de que, mesmo dentro da própria espécie, há aqueles em que não se deve confiar. Humanos? Não se preocupe, não vemos quase nenhum e, se os vemos, são a raça inferior, de toda forma... tsc.


Nada de novo até aqui e, nos poucos 90 minutos de duração, todo o balaco baco rola e a guerra de sangue, no fim das contas, poderia ser chamada de, talvez, confronto de sangue. É mais uma prévia de uma batalha, ainda que a personagem principal insista em usar a palavra guerra variadas vezes. E, detalhe importante, o nome diz 'guerras de sangue', e não 'guerra de sangue', o que significa que talvez o nome seja utilizado como base para continuidade da história (e isso já sou eu especulando e tentando dar sentido à pluralidade do nome, que está também em sua versão original: 'Blood Wars').


São apresentados alguns novos mistérios, buscando superar o que foi superado nos filmes anteriores, com as constantes 'digievoluções' de Selene. E, dessa vez não poderia ser diferente, ela passa por uma 'digievolução' e se torna ainda mais poderosa.


Para fãs da franquia, que gostam do estilo dos filmes e de acompanhar a saga de Selene, provavelmente irá gostar do filme, só não terá muitas razões para se surpreender. É como se o filme fizesse questão de se manter à altura dos anteriores e, nesse quesito, ele foi bem sucedido.


Se o intuito é diversão, ver um pouco da eterna batalha entre vampiros e lobisomens, com um pouco de ação, siga em frente, só não espere muito mais do que a saga já lhe ofereceu.


xoxo



Retipatia

2 comentários:

  1. Eu acompanho essas histórias de Underwolrd á muito tempo, desde de criança. O que eu gosto sobre esse filme talvez seja como você falou mais do mesmo, mas exatamente, eu estou cansada de ver personagens como vampiros e Lobisomens e homens lobos sendo tão humanos. Fora que eu adoro as roupas desse filme e essa pegada gótica que ele tem. Eu tenho certeza que vou me agradar vendo ele, o ultimo também foi a história não era rica nem difícil de entender mas eu adorei. So tenho que fazer uma maratona de todos.

    http://jardimdesereia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olha, eu acho que vou ir assistir mais pelo fato de ter visto todos ate agora mas, o último já não tinha me agrado mt não rsrsr vou assistir, as cenas de luta ainda compensam mas acho que a trama em si já se perdei bem =/ gostei da resenha =) abraços!

    Metamorphya•••

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, ele é importante para o nosso feedback, sugestões sempre serão muito bem vindas, mas por gentileza, não deixe comentários maldosos ou grosseiros, criamos nosso conteúdo com carinho, respeite nosso trabalho.