O Último Passageiro - Manel Loureiro


Olá pessoal! Hoje tenho para vocês mais uma dica de livro interessante. Este livro eu ganhei de amigo secreto de um colega de trabalho e estava na estante esperando ser lido, ao ler a sinopse eu me interessei bastante, trata-se de um livro de suspense que tinha tudo pra ser interessante, o que eu não havia presumido é que esse livro iria me impressionar tanto.
A história começa em Agosto de 1939, um carvoeiro estava navegando em meio a uma grande neblina quando se deparou com um navio de cruzeiros, gigantesco, a deriva. O mais estranho era que, apesar de tudo no navio estar intocado, não havia ninguém a bordo, a equipe de reconhecimento do carvoeiro vasculhou o navio em busca de qualquer indício do paradeiro dos passageiros, porém nada encontrou, quando estavam saindo para voltar a bordo de seu navio encontraram uma pequena trouxa, ao se aproximar notaram que era um bebê de poucos meses e o mais estranho, apesar de todo o navio possuir inúmeras suásticas indicando que o navio era de origem nazista, o bebê estava envolto em um talit, ou seja, uma típica manta judaica.


70 anos se passaram desde então, o bebê cresceu e atualmente é um homem muito rico que gastou grande parte de sua vida em busca do Valkirie, o navio de cruzeiros em que foi encontrado sozinho. Seu proposito é reaver o navio, restaurá-lo e refazer sua viagem de 1939, em busca de respostas sobre seu passado. Ele reúne então uma equipe de cientistas que vão auxilia-lo em sua empreitada, nesta equipe está também uma repórter, Kate Kilroy.

Kate recebeu a pasta com os dados referentes ao Valkirie de sua editora, a ideia era tentar tirá-la da rotina com uma boa história, enquanto Kate tentava se recuperar da morte recente de seu marido e também porque a história a ser investigada era para ter sido dele, que também era repórter.

Ao entrar no navio, muitas coisas estranhas começam a acontecer, ao se aproximar do ponto em que tudo aconteceu em 1939 é possível perceber que a história está sendo repetida como um eco do passado.
É um livro muito tenso, em que você vai devorar as páginas de modo ávido, querendo por toda lei saber o mistério que envolve o Valkirie, aos poucos a tripulação vai se transformando em fantoches nas mãos da força que cerca o casco do imponente navio e repetindo passo a passo cada momento daquela fatídica viagem de 1939.

Eu diria perturbador, essa seria a palavra para definir o que esse livro foi para mim, como disse em Lua Vermelha (aqui) se você tem estômago fraco e jamais se aventuraria em um Stephen King, melhor buscar outra leitura, agora se você é fã do terror de King esse livro segue basicamente o mesmo caminho, Manel Loureiro é um autor aclamado pela série Apocalipse Z, ou seja, está bastante familiarizado com mortes grotescas e a sangue frio, então não espere um mistério morno e levemente assustador e sim um show de horrores com várias reviravoltas e muita tensão.
Bom gente fica aí a dica, se você se interessou e vai se aventurar a ler, ótimo! Só não esqueça de deixar nos comentários o que achou!

Quem se interessou está a venda no Submarido confira (aqui)

Até a próxima gente!



Lila Martins

2 comentários:

  1. Oii!! Você deixou o link do seu blog e vim aqui dar uma olhada! Gostei bastante do teu blog! Muito interessante e também adoro nerdice!! Achei essa estória muito legal! Já vou adicioná-lo no meu skoob!!! Gosto de livros com bons enredos!

    Beijinhos

    Mirelle Marques
    Meu Mundo Em Tons Pastéis

    ResponderExcluir
  2. *Você deixou seu link do blog no meu skoob! Desculpa, esqueci de dizer! rsrs

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, ele é importante para o nosso feedback, sugestões sempre serão muito bem vindas, mas por gentileza, não deixe comentários maldosos ou grosseiros, criamos nosso conteúdo com carinho, respeite nosso trabalho.