Profissões: Medicina


Olá leitores, continuando nossa série de profissões, hoje vou falar um pouco da faculdade de Medicina, que é com certeza o maior desafio nos vestibulares, então hoje vou comentar um pouco sobre esta profissão, para os que se interessam, mas tem dúvidas.

Vamos lá!

Perfil do Curso:
O currículo é puxado, é em período é integral e há seminários e pesquisas, além dos plantões em hospitais. Nos dois primeiros anos, o aluno aprende matérias básicas, como anatomia e patologia. Outras disciplinas, trabalham mais as alterações celulares e moleculares, patologias e sintomas das doenças, entre outras. Boa parte das instituições de ensino oferecem disciplinas práticas no início do curso para que o aluno vá se familiarizando com as atividades. Lidar com pacientes, só a partir do terceiro ano, nas disciplinas profissionalizantes e no treinamento em atendimento. Os dois anos de residência médica, depois de formado, são para o graduado se especializar.

Campo de atuação:
A medicina forma profissionais para todas as especificações da saúde, podendo atuar em hospitais (clínico ou de pronto atendimento), consultórios particulares, como cirurgiões, anestesistas, em todas as especificações da medicina, lidando com diagnóstico, tratamento e acompanhamento de pacientes.

Vocação:
Para ingressar na faculdade de medicina a primeira coisa é gostar de lidar com as pessoas, ter interesse em conhecer o funcionamento do organismo humano e ter responsabilidade e comprometimento com a vida.
É a profissão certa para pessoas que gostam de complexidade, tem forte poder de decisão e raciocínio rápido e lógico.

Duração: 12 semestres (6 anos) sendo 8 semestres básicos e pré-clínicos e 4 semestres de internato médico (residencia)

Salário inicial: R$ 6.490,00 (Clínico Geral). (Fonte: Guia de Profissões e Salários da Catho).

Outras opções relacionadas: 
Abaixo a lista das especialidades médicas (fonte Guia do Estudante)

Acupuntura
Aplicação de agulhas.
Alergia e Imunologia
Mecanismos de defesa do organismo.
Anestesiologia
Aplicação de anestésicos.
Angiologia e cirurgia vascular
Artérias e veias.
Cancerologia
Câncer.
Cardiologia
Coração.
Cirurgia
(Cardiovascular, de cabeça e pescoço, geral, do aparelho digestivo, pediátrica, plástica e torácica).
Clínica médica
Organismo em geral.
Coloproctologia
Aparelho digestivo final.
Dermatologia
Pele.
Endocrinologia e metabolia
Distúrbios hormonais e de metabolismo.
Gastroenterologia
Sistema digestório.
Genética médica
Doenças genéticas.
Geriatria e gerontologia
Moléstias do envelhecimento.
Ginecologia e obstetrícia
Aparelho reprodutor feminino, gravidez e parto.
Hematologia e Hemoterapia
Sangue, seu uso terapêutico ou de seus componentes.
Homeopatia
Clínica geral que utiliza medicamentos preparados com substâncias naturais.
Infectologia
Doenças infecciosas.
Mastologia
Glândulas mamárias.
Medicina da dor
Voltada para o tratamento da dor crônica.
Medicina Esportiva
Prevenir e tratar distúrbios originados de atividade esportiva. Dar orientação médica e acompanhar equipes e times.
Medicina geral e comunitária
Atuar na prevenção, na cura e na reabilitação de pacientes em conjunto com equipe multiprofissional (com enfermeiro, assistente social e psicólogo).
Medicina legal e perícia médica
Realizar autópsias, exames de DNA e de corpo de delito. Dar suporte à investigação de crimes.
Medicina sanitária
Desenvolver e aplicar programas de saúde pública. Prevenir a transmissão de doenças e prescrever tratamentos.
Medicina do trabalho
Prevenir e tratar doenças causadas pelo ambiente de trabalho ou por práticas profissionais.
Nefrologia
Moléstia dos rins.
Neurologia e neurofisiologia
Distúrbios do sistema nervoso.
Nutrologia
Nutrição.
Oftalmologia
Olhos.
Ortopedia e traumatologia
Ossos e músculos.
Otorrinolaringologia
Ouvido, nariz, boca e garganta.
Patologia e patologia clínica
Exames laboratoriais.
Pediatria
Crianças.
Pneumologia
Pulmões.
Psiquiatria
Doenças mentais.
Radiologia e diagnóstico por imagem
Exames radiológicos e diagnóstico por imagens.
Radioterapia
Tratamentos por radiação.
Reumatologia
Cartilagens e articulações.
Terapia Intensiva
Tratamento intensivo de pacientes.
Urologia
Vias urinárias.
Medicina paliativa
Oferece cuidados para aliviar a dor e o sofrimento de pacientes terminais.
Medicina do sono
Trata dos distúrbios relacionados ao sono.
Medicina tropical
Previne e trata doenças como malária, febre amarela, dengue e hanseníase.

Medicina na verdade é uma faculdade que fala por si só, requer muita dedicação e é a mais carinha de todas, como exemplo fica a mensalidade da UNIVALI (Universidade do Vale do Itajaí) que é a universidade que eu estudo (Administração) a mensalidade de medicina é de  R$ 4.973,10 nos primeiros períodos e aumenta nos períodos mais avançados.
Espero que tenha sido útil.
Até a próxima galera, comentem qual profissão querem ver no próximo post.



Lila Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é importante para o nosso feedback, sugestões sempre serão muito bem vindas, mas por gentileza, não deixe comentários maldosos ou grosseiros, criamos nosso conteúdo com carinho, respeite nosso trabalho.