Lua Vermelha - Benjamin Percy

Olá galera hoje é dia de falar de livros!
Como eu amo ler e estou tentando trazer coisas diferentes para vocês, a dica de hoje é Lua Vermelha, que fala principalmente da conturbada relação entre humanos e licanos. Ao contrário da maioria de livros relacionados a espécie, os licanos aqui não batalham lugar com vampiros, muito menos são monstros animalescos lendários, os licanos de Lua Vermelha são humanos infectatos por um príon (infeccioso composto por proteínas com forma aberrante. Tais agentes não possuem ácidos nucleicos (DNA e/ou RNA) ao contrário dos demais agentes infecciosos conhecidos (vírus, bactérias, fungos e parasitos) Fonte: Wikipedia) chamado lobos, esse príon causa mutações, possibilitando o hospedeiro a se transformar em um "lobisomem", além de ser incurável, também é extremamente contagioso pelo sangue ou relações sexuais.
Explicado então como funcionam os licanos do livro é preciso entender como a história flui. 
Os licanos apesar de terem a possibilidade de viver entre os humanos pacificamente, sofrem vários tipos de preconceito e limitações, além de serem obrigados a tomar um medicamento que os deixa letárgicos e inibem as transformações, precisam ainda ser catalogados em um sistema de controle do governo, há também uma guerra acontecendo na Republica Lupina, onde os licanos se estabeleceram e aparentemente são mais resistentes as regras estabelecidas.
A história começa com Patrick Gamble, indo morar com a mãe, porque o pai vai para a guerra na Republica, Patrick é só um humano normal, mas sua vida muda quando, um licano de uma facção independente intitulada A Resistência se  infiltra no avião no qual está viajando, matando os tripulantes, o único sobrevivente é Patrick. Este ato terrorista acaba acarretando uma verdadeira revolução, e eclode uma guerra deliberada entre humanos e licanos.
Em outro núcleo, Claire Forrester é apenas uma licana adolescente, vivendo uma vida normal até que agentes do governo invadem sua casa e matam seus pais, ela foge e acaba chegando a casa de sua tia, onde descobrirá muitos segredos de família e terá sua vida cruzada com a de Patrick.
Um terceiro núcleo é o de Chase Williams, um governador que sonha em ser presidente, um homem displicente que faz o que quer e que jura que irá proteger a comunidade dos licanos, com seus discursos preconceituosos e abusivos, acaba então atraindo o desagrado dos infectados e aplausos dos humanos, mas que com o passar da história adquire um segredo que pode destruir sua carreira política.
Entre estes três personagens principais, rola uma história muito densa, bem organizada e envolvente, numa primeira olhada na orelha do livro, se pode imaginar um romance adolescente nos mesmos parâmetros de Crepúsculo, mas conforme a leitura vai se aprofundando, você acaba notando que o livro não tem nada de meigo e meloso, é uma história de sobrevivência em meio a guerra, onde em uma ponta há uma comunidade humana apavorada e na outra há uma comunidade licana que só quer ser tratada pelo que é, humanos doentes, mas de onde surge A Resistência, com seu líder psicótico, idealizando um mundo onde seja Rei, que lidera um bando de ataques terroristas de impacto, para criar seu próprio mundo.
Uma história bem interessante, recomendo, apesar do final ter me decepcionado um pouco, esperava um pouco mais, mas mesmo assim a experiência foi bem interessante, se você curte emoções fortes e não tem medo de descrições perturbadoras, é um ótimo livro, agora se você é fã de livros água com açúcar, tente algo mais tranquilo.

Quem se interessou está a venda no Submarido confira (aqui)

Bom gente é isso, leiam e digam se gostam! Até a próxima!


 

Lila Martins

2 comentários:

  1. Não conhecia esse livro, achei a história bem interessante pelo que você contou no post. Parece diferente e mais maduro um pouco. Vou dar uma olhada.
    Beijos
    Mari
    http://www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Mari! Que bom que curtiu, leia e diga o que achou aqui!
      Sucesso pro teu blog.

      Excluir

Deixe seu comentário, ele é importante para o nosso feedback, sugestões sempre serão muito bem vindas, mas por gentileza, não deixe comentários maldosos ou grosseiros, criamos nosso conteúdo com carinho, respeite nosso trabalho.